Carrera M80 - A nova competição para clássicos dos anos 80

Atualizado: 30 de Jan de 2020

- Crescente popularidade dos clássicos do anos 80 junto do público faz nascer nova competição

- Espírito de Gentlemen Driver mantém-se presente

- Provas de semi-resistência com duas corridas de 40 minutos

- Aceites modelos até 1990




Depois de duas corridas/experiência em Jarama, em 2015 e 2018, em jeito de teste, a competição “Carrera M80” vai finalmente ser uma realidade. "O pedido de muitos pilotos para que houvesse uma competição nestes moldes foi o que nos fez avançar na organização desta competição, pois muitos pilotos possuem automóveis clássicos de competição com que gostariam de correr e não o podem fazer no Iberian Historic Endurance. Este ano começamos com três provas e logo veremos o que nos reserva o futuro face à adesão dos pilotos", refere Diogo Ferrão, CEO da Race Ready, que é a empresa responsável pela organização desta competição.

Assim, a Carrera M80 será composta por três provas, em 2020, que terão lugar em três circuitos diferentes em Espanha e que farão a delícia do público com os fabulosos automóveis da época.

O final dos anos 70 e os anos 80 foram os anos dourados nas corridas de turismo, com vários campeonatos de florescerem por toda a Europa, destacando-se as corridas de resistência do Campeonato Europeu de Turismo. Estas provas eram muito populares junto do público com grandes e impressionantes automóveis de turismo conduzidos no limite por Steve Soper, Roberto Ravaglia ou Tom Walkinshaw.

Também as provas do CET Espanhol ou do Campeonato Português de Turismos eram extremamente interessantes e disputadas com nomes como Luis Pérez-Sala, José Ángel Sasiambarrena, Antonio Albacete, Luis Miguel Arias a fazerem furor em Espanha ou nomes como os irmãos António e Carlos Rodrigues, Jorge e Alcides Petiz ou Ni Amorim, entre muitos outros famosos nomes, a levarem ao rubro o público português. Pode, agora, reviver todas essas emoções nesta competição Carrera M80.

"A ideia é oferecer uma nova competição para turismos «mais modernos», mas sempre com o espírito do Historic Endurance, de respeito pelos adversários, postura Gentlemen Driver e os já famosos 3 C (No Crashing, No Cheating and No Complaining)", explica Diogo Ferrão. "Dentro do leque de automóveis aceites, também estão os carros com especificação de Troféu e não Group A, uma vez que esta foi a época da “explosão” dos troféus. Dada a enorme popularidade do Troféu Porsche 968 Espanhol na época, também iremos aceitar esses carros na nossa competição", remata Diogo Ferrão, que espera ver colmatada uma lacuna na competição deste género de automóveis na Península Ibérica..

A provar que os carros de turismo desta época têm ganho cada vez mais interesse histórico entre pilotos e público é o facto de estarem a surgir cada vez mais campeonatos do género, onde a competição Carrera M80 se pretende incluir. As provas serão no formato de “semi-resistência”, com duas corridas de 40 minutos e com paragem para troca de piloto, de forma a haver a possibilidade de participarem dois pilotos no mesmo veículo.

As viaturas admitidas são as que estejam preparadas segundo as regras internacionais do anexo K publicado pela FIA e as categorias definidas para a competição M80 são as seguintes:  

Categoria Grupo 2 (GR2) Categoria para viaturas Turismo até 1982 de acordo com homologações FIA até (31/12/1982) e documentação FIA  ou passaporte Nacional. Exemplos: BMW 323i, Ford Capri, Ford Escort MK2, Rover 3500 SD1, VW Golf GTI MK1, BMW 635 (gr2)