Group 1: Qualificação abre portas a duas grandes corridas

Atualizado: 24 de mai.




  • Ricardo Pereira/Carlos Dias Pedro foi o mais rápido do dia

  • Família Gaspar mais forte entre os H81-1600

  • Tomás Pinto Abreu na Pole-Position da Production Cup

O pelotão dos Group 1 Portugal enfrentou os quarenta intensos minutos da sessão de qualificação de hoje, onde Ricardo Pereira/Carlos Dias Pedro, em Ford Escort, foram os mais rápidos, com uma volta em 1:54.895 ao Circuito de Jarama.

O Ford Escort de Ricardo Pereira/Carlos Dias Pedro cedo fez o melhor tempo da sessão, enquanto atrás de si se disputou uma acesa batalha pelo segundo lugar da grelha de partida entre os vários Escort da categoria H81-2000. Por 0,061 segundos, o regressado Rui Azevedo colocou o seu carro na primeira linha da grelha de partida para a primeira corrida de amanhã, levando a melhor sobre Paulo Vieira. Luís Pedro Liberal/Francisco Freitas completam a segunda linha da grelha de partida, mas a diferença de tempos entre o segundo e o quarto foi menor que duas décimas.


Nuno Breda/António Maia e Rui Ribeiro cumpriram os objectivos da qualificação e vão partir logo atrás dos favoritos, com reais hipóteses capitalizar com os duelos que irão decorrer à sua frente. Num circuito que não é favorável ao Jaguar XJS da classe H81-TMAX, André Castro Pinheiro e Ernesto Vieira intrometeram-se na luta dos Escort, e vão largar da quarta linha da grelha de partida. João Mira Gomes e Nuno Afoito, que em Jarama pretendiam continuar a sua evolução, serão forçados a abdicar da corrida de amanhã devido a problemas técnicos no seu Escort.

Madalena Gaspar/Fernando Gaspar não deixaram créditos por mãos alheias e impuseram o seu VW Golf GTI na categoria H81-1600, superiorizando-se a Rafael Cerveira Pinto e António Liberal, em VW Golf GTI, que chegaram a Espanha após uma fortíssima ronda de abertura do Estoril. De volta à competição, Manuel Menezes e Manuel Mello Breyner irão dividir a segunda linha dos carros de cilindrada até 1600cc com o BMW 1600 Ti (H71-1600) de Paulo Lima. Marcos Ruao e Nuno Pardalejo, pilotos que farão a sua estreia absoluta na categoria, tiveram problemas no seu VW Scirocco e apenas realizaram duas voltas na qualificação, mas felizmente conseguiram um tempo que lhes permitirá largar imediatamente atrás dos seus principais adversários da classe H81-1600. Já Manuel Ferrão conseguiu o seu primeiro objectivo de acompanhar alguns dos Datsun 1200 da Production Cup, ao volante do seu Autobianchi 1052.

PRODUCTION CUP: TOMÁS ABREU CONFIRMA A BOA FORMA

Na Production Cup, Tomás Pinto Abreu confirmou a boa forma mostrada no Autódromo do Estoril, e fez a pole-position da competitiva classe para os antigos Troféu Datsun, aonde os três primeiros ficaram separados por menos de um segundo. Pedro Reis estará ao lado de Tomás Pinto Abreu no momento do arranque para a corrida de amanhã, ao passo que Alberto Xavier estará uma linha atrás na grelha de partida de amanhã, deixando antever grandes momentos em pista.



Luís Santa Bárbara, que este ano comemora uns impressionantes cinquenta anos de carreira, e Manuel Matos, garantiram o quarto lugar da categoria, o que lhes permite estar em posição de ambicionar uma subida ao pódio no dia de amanhã.

A luta da segunda metade do pelotão da categoria antevê-se igualmente aliciante, dado o equilíbrio de forças presentes. Pai e filha António e Matilde Lopes, a dupla Paulo Ribeiro/Henrique Correia, o estreante João Azevedo e o único piloto espanhol à partida, Guillermo Velasco, poderão proporcionar aos espectadores entretenimento extra. A dupla Pedro Gordo/Rúben Ferreira teve problemas de ignição no seu carro e tentará amanhã realizar uma corrida de recuperação.

As duas corridas da competição portuguesa para viaturas clássicas Pré-1981 no programa do “Supercars en Jarama”, estão agendadas para domingo, dia 15 de Maio, às 10h15 e 15h35 (hora local), com cobertura televisiva em directo nas redes sociais Facebook e Youtube da Race Ready.